Mavi Máquinas Vibratórias

Sua melhor opção em
equipamentos vibratórios

|   ENGLISH  |  ESPAÑOL  |  

Vicone

Bocas Vibratórias

Bocas vibratórias ou comumente chamadas de descarregadores de silo evitam a necessidade de um operador martelando a saída do silo. As pancadas deformam a superfície do silo agravando o problema. São equipamentos excelentes!

Funcionamento e construção

A boca vibratória de descarga deve proporcionar o escoamento ideal do produto armazenado, permitindo a passagem por seu bocal razoavelmente estreito.

Teoricamente já deveria ocorrer a formação de pontes de material na parte superior da boca vibratória pois o diâmetro crítico de escoamento já foi surpassado com a instalação desta. Daí não ocorreria escoamento algum. Porém a ação vibratória da boca transforma as propriedades de escoamento.

Assim sendo, as pontes ou furos de topo são destruídos. A vibração age nestes fenômenos por sobrecarga, o que significa: a vibração seria o equivalente a sobrecarregar uma obra civil qualquer (uma ponte, por exemplo) de forma a destruí Ia Torna-se lógico, então, que é mais fácil transportar os escombros da ponte que a ponte completa. É exatamente isto que faz a boca vibratória de descarga VICONE®, porém em duas aplicações distintas que seriam:

Descarga de produtos normais
(leves, médios ou pesados)

Para estes produtos a ação vibratória deve ser elíptica, na direção do plano da seção transversal da boca vibratória. Isto foi comprovado experimentalmente, o que também possibilitou o estudo das linhas de descarga. Estas linhas estão esquematizadas na figura ao lado, acompanhando o esquema da boca vibratória com um acionamento.

O acionamento causador da vibração possui as seguintes características: motor elétrico trifásico assíncrono com rotor curto-circuitado, sem ventilação e bobina a prova de vibração; proteção IP-55 e classe de isolamento B. Nas extremidades do rotor encontram-se fixas massas desbalanceadas (contra pesos) ajustáveis que ao girar provocam a vibração. As massas são protegidas por tampas de aço; os mancais dos rolamentos são de ferro fundido especial; os rolamentos são do tipo rolete cônico mantidos em sua folga por ajustamento automático.

A lubrificação é feita com graxa com alto ponto de gotejo. Maiores detalhes encontram-se no folheto Vibradores VIMOT®.

Descarga de produtos leves, normais e pesados com tendência ao mútuo entravamento
Muitos produtos com densidade aparente entre 0,01 e 2,5t/m³ não podem ser extraídos com bocas vibratórias do tipo descrito anteriormente. Em muitos casos são fibrosos ou flocosos, entrelaçando-se facilmente (por exemplo: fósforos, fibra de amianto, serragem grosseira, tabaco cortado etc.)

Este entrelaçamento pode ser desfeito com a aplicação de bocas vibratórias do tipo VICONE D®, assegurando-se o bom funcionamento.

A diferença básica consiste na aplicação da vibração em sentido helicoidal. Para isto observe a figura ao lado na qual estão esquematizadas as linhas de descarga e o tipo de posicionamento do acionamento vibratório. Neste caso o acionamento é duplo e atua em posições diametralmente opostas sob um angulo de 45°.

Princípios da dinâmica, que não convém aqui explicar, permitem a sincronização dos dois motores vibratórios VIMOT®, quando giram no mesmo sentido. Isto provoca o escoamento helicoidal e o desentravamento do material.

Conclusão
Para produtos médios a pesados, sem condição de entravamento, aplica-se o tipo VICONE S®. Em outros casos VICONE D®, este com duplo acionamento.

É importante notar-se a presença do chapéu interno (cone de distribuição de pressões) em ambos os sistemas. Estes chapéus são primordiais nas bocas vibratórias pois permitem o alívio de pressões internas e a transmissão de vibrações para o silo de armazenagem

1. Esquema da boca vibratória com um acionamento.

2. Esquema com acionamento duplo em posições diametralmente opostas sob um ângulo de 45°.

TOPO